3 dicas de gestão para médicos

Engana-se quem pensa que a única preocupação em uma clínica médica seja apenas com o atendimento, a gestão para médicos deve se atentar ao planejamento, controle financeiro, agenda, dentre tantas outras atividades.

Além disso, as tarefas desenvolvidas pelas áreas administrativas, fiscais e contábeis, é que garantirão a lucratividade dos negócios.

Certamente, que o médico responsável pela clínica não dispõe de tempo e nem conhecimentos técnicos para cuidar de toda parte burocrática do seu empreendimento.

 O recomendável é que se tenha uma boa equipe de gestão para médicos, que garanta a credibilidade dos serviços, assim como seu desenvolvimento e lucratividade.

Confira nesse post 3 importantes dicas de gestão para médicos!

  1. Faça uso de um software de gestão para médicos

Sabiamente, a escolha de um bom software de gestão para médicos, vai facilitar e agilizar muito no desempenho das tarefas diárias em seu consultório. 

Dentre as funcionalidades disponíveis nesses programas, estão: 

  • Acompanhamento em tempo real das entradas e saídas financeiras;
  • Controle eficiente da agenda;
  •  Serviços de marketing, para auxiliar na conquista de novos clientes e fidelizar os já existentes.

Outra grande vantagem do software é o prontuário eletrônico, que promove o eficaz armazenamento das informações do paciente, como o histórico de doenças, prescrições, além de resultados de exames, incluindo os de imagem.  

Logo, um único programa centraliza inúmeros dados, de diferentes setores, evitando a necessidade de outros programas.

Isso sem falar da segurança dos dados, mantendo em sigilo informações importantes, não só dos pacientes, como também dados da empresa. 

A mobilidade é outra questão importante, pois possibilita o acesso seja em casa, trânsito e até em congressos médicos.

  1. Capacitação da equipe

Encontrar profissionais que tenham qualificações necessárias para as funções que serão desempenhadas e que estejam bem alinhados aos propósitos da clínica, é fundamental para uma gestão para médicos eficiente. 

Os funcionários devem ter um bom preparo para realizar tarefas rotineiras desse ambiente e ainda agir com desenvoltura diante de possíveis imprevistos. 

Por mais que cada integrante da equipe já tenha o domínio do papel que deve executar, ajudando na organização e bom funcionamento do trabalho.

É muito importante que o gestor invista em cursos de capacitação para que dessa forma, os colaboradores estejam aptos a prestar o melhor serviço

 Sem perder a qualidade e estando sempre bem atualizados quanto a legislação e novas ferramentas de trabalho. 

  1. Uso consciente dos materiais

Fazer uma gestão para médicos, vai muito além dos cuidados com a recepção e o atendimento do paciente, mas engloba ainda o gerenciamento eficaz dos materiais utilizados no dia a dia.

Assim sendo, é essencial se preocupar com um controle de estoque bem feito, para saber quais produtos estão em falta e a quantidade que deve ser adquirida.

Quais nunca devem faltar no armazenamento e quais estão obsoletos, evitando possíveis desperdícios. 

Educar os profissionais para que façam uso consciente dos materiais para que durem o máximo, o que vai reduzir muito gastos desnecessários. 

Conclusão

Certamente que o médico além de ter uma longa agenda de atendimentos, ainda deve se preocupar com constantes capacitações, por isso é bom contar com uma boa gestão para médicos.

A MC Contabilidade possui os melhores profissionais para cuidar da sua gestão para médicos, portanto, aptos a cuidar das questões legais, financeiras e trabalhistas de sua clínica.

Este post tem um comentário

  1. Gostei da sua publicação e conseguir tirar algumas dúvidas
    que eu tinha e não sabia ao certo onde procurar para
    poder esclarecer. Também possuo um site gratuito de
    utilidade pública e gostaria que você conhecesse. E quem
    sabe até trocarmos experiências sobre SEO ou marketing
    digital em nosso segmento. Agradeço à atenção e que
    Deus nos abençoe.

Deixe uma resposta